Comida na Bandeja

Existe, nesse país auto-denominado República Federativa do Brasil, algo bastante interessante e comum nas universidades públicas: o Bandejão.

Essa palavra bastante comum entre os universitários de grandes universidade públicas (como Universidade de São Paulo, Universidade de Campinas, Universidade Estadual de São Paulo, entre várias outras) é também muito temida. Temida tanto pelos discentes, docentes, funcionários, quantos pelos cachorros moradores de certo campus, como os da Escola de Artes, Ciências e Humanidade de Universidade de São Paulo.

Esses pobres animaizinhos sofrem ao lado de todos o sabor da conhecida comida insípida (como a água deveria ser). Mas como eles não são o foco desse texto, deixemos os coitados de lado e voltemos aos bípedes com polegar opositor e telencéfalo altamente desenvolvido, seres humanos (como mostrado em “Ilha das Flores”, curta-metragem de Jorge Furtado).

Geralmente, o Bandejão da USP dá direito a:

  • um arroz bastante unido;
  • um feijão ora muito aguado, ora muito seco;
  • uma salada;
  • duas misturas: uma feita de carne, outra vegetariana (sofrem nisso os vegetarianos obrigados a comer somente batata palha nos dias que nos é servido o famoso strogonoff);
  • pouco suco.

É claro que há diferenças entre um campus e outro, mas principalmente em relação ao suco, mas a essência realmente assutadora continua sempre a mesma. Alguma vezes, outros animais além dos cães do lado de fora do refeitório nos acompanham enquanto comemos, por exemplo, larvas cozidas vivas junto com a acelga.

Alguns juram que pagamos somente R$1,90 para almoçar ou jantar, mas ainda acredito que na verdade o preço é subsidiado. Ou seja, na verdade, todos os brasileiros (do Brasil) ajudam a pagar o resto do custo dessa tão saborosa refeição.

Mas considerando todos esse fatos e fatores, por que estudantes continuam comendo no Bandejão? Dessa vez, acho que Deus não precisa descer a Terra para nos explicar. Estudantes não tem tempo suficiente para se dedicar a certos luxos como cozinhar, que leva mais tempo que o pensado, já que muitas vezes é necessário sair da faculdade e depois voltar.

Essa seria uma teoria bastante razoável e racional, mas uma outra verdade é que o ser humano tem um hormônio chamado Adrenalina, que nos leva a fazer certas coisas arriscadas pelo aumento de produção desse hormônio no corpo humano. Na certa, esse comportamento que contraria o nosso telencéfalo altamente desenvolvido nos leva a usar o polegar opositor no Bandejão.

Fernando “USPiano” Hattori

Anúncios

6 pensamentos sobre “Comida na Bandeja

  1. Não se esqueça também: O ser humano tem o instinto de sobrevivencia. Comendo no bandeco, eles adquirem anticorpos. Quando a guerra nuclear estourar, quais você acha que serão os seres humanos que vão restar?

  2. nossa, minha irmã goosta da comida do bandejão!
    hahahahahhaha

    Feeefuuu, saaudaades de você meeu!
    juro que depois passo pra deixar um comentário melho, mas é que eu to fazendo trabalho agora, e dei uma passada rapida aqui…
    adooro muito você!

    beeijos!

  3. Oi, e aí tudo bom?
    Ahhh ow, nem li o post!
    mó preguiça e meu pc tá mó lag!
    AhoiahUIOAhIUOAhIA
    pelo menos eu sou sincera né?
    x]
    AhioahIUahIOUAhIO

    Ahhh você precisa colocar um verde-limão e um rosa fluorescente viu?

    HAoihauIOHaiuHaioHaio

    beijos!
    te adoro muito!
    x****~

  4. hmmm.. eu ateh q gosto da comida do bandejaum… o gosto naum eh taum ruim e a carne dah pra mastigar e engolir sem mtas dificuldades se ela naum estiver seca no dia XD~~ mas se estiver eh soh beber um pouco da água colorida com gosto estranho q tudo desce pro estômago de qlq jeito hauahuahau
    XD eu leio seus textos e fico com vontade de escrever tb… soh naum sei o q =/ preciso pensar em algo!!! huhuhu

    ateh mais fefoooo =D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s