Capítulo XXII

Diálogo entre Adão e Eva

MAR
. . . . . ?

ANA
. . . . . .

MAR
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . .

ANA
. . . . . . !

MAR
. . . . . . .

ANA
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . ? . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

MAR
. . . . . . . . . . . . . . . . . .

ANA
. . . . . . .

MAR
. . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . ! . . . . . .
. . ! . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . !

ANA
. . . . . . . . . . . . . . . . . ?

MAR
. . . . . . . !

ANA
. . . . . . . !

 

Mil Perdões a Machado de Assis e sua obra Memórias Póstumas de Brás Cubas de onde tirei todo o corpo do início desse texto e outros mil perdões a Fernando Anitelli e sua obra “Ana e o Mar” de onde tirei os nomes dos personagens. Mas resolvi fazer essa junção só para lembrar a todos dessa duas grandes obras e artistas. E também porque eu simplesmente senti vontade.

Apesar da grande ironia utilizada em todo o livro de Machado de Assis e da pureza da música de Fernando Anitelli, o que impossibilitaria a união de tais obras, elas se encontram aqui lado a lado. Posando quase nuas para admiração de todos: ouçam essa música, leiam esse livro.

Sintam o que desejarem e bem entenderem, mas não se esqueçam da genialidade de dois brasileiros. Um negro carioca e o outro branco osasquense.

Entendam o que eu entendi. Mas, antes, releiam.

Fernando “entendendo” Hattori

Anúncios

6 pensamentos sobre “Capítulo XXII

  1. Náo sou a pessoa mais literaria do mundo, portanto náo entendo direito referencias literarias, apesar de ter precisado ler Machado de Assim para me preparar para o vestibular… Prefiro não fazer comentários…

  2. XD hauhauahuahauh nossaaaaa eu nem lembrava desse capítulo do memórias póstumas =X tive q ver de novo lah XD~~
    hauahuah gostei dessa junção q vc fez *-* encaixou direitinho o diálogo com a música =D
    ^_^ teeeh maaais

  3. [red][b]
    Ahhh…
    eu lembro que na minha apostila tinha uma coisa parecida com isso…
    humm…
    eu num entendi! oO”
    você fez tipo, Ana e o Mar,
    a músida do Teatro Mágico,
    com essa parte do livro? Oo”

    hunfs…

    beijos!
    x*~

  4. Não gostei… =P

    Talvez porque eu goste dessas duas obras justamente por suas diferenças…

    gosto de Ana e o Mar por toda a pureza dessa paixão… “por que é que a gnt nunca sabe de quem vai gostar?!”

    e gosto de Memórias Póstumas por toda sua ironia, e… sei lá, qual seria o oposto de pureza?!

    A primeira me deixa sorrindo, muda, de olhos fechados, num instante quase mágico… A segunda abre meus olhos, me deixa séria, coloco os pés no chão e reflito…

    Enfim, elas me trazem sensações opostas, e senti-las ao msm tempo fez com que a essencia das duas se perdesse um pokinhu dentro de mim.. não gostei!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s