this is not the end YET

Outro dia, conheci uma dessas pessoas que passam pela sua “vida”, têm uma pequena participação quase insignificante e depois só viram as costas e partem. Essa pessoa me disse várias coisas interessantes e a maior delas foi que tinha descoberto o segredo da imortalidade, não que os mortos se interessem muito pela imortalidade, pela vida ou pela morte, mas o fato é que já fui vivo e já senti medo/preocupação em relação à morte. Mas esta é uma coisa realmente muito banal, que todos os dias acontece aos montes em todo o mundo, não passa de uma simples passagem como bem sabia o sábio Gandalf, the White. Transcrevo uma passagem do grande livro “O Senhor dos Anéis” já que ninguém do outro mundo tem autorização para sair dizendo aos mortais o grande clímax.

Pippen: I didn’t think it would end this way…
Gandalf: End? No, the journey doesn’t end here… Death is just another path, one that we all must take… The grey rain curtain of this world rolls back and all turns to silver glass… and then you see it…
Pippen:
What, Gandalf? See what?
Gandalf: White shores… And beyond… A far green country under a swift sunrise.
Pippen:
Well, that isn’t so bad.
Gandalf: No… no it isn’t.

E esse é o principal motivo que me leva a escrever sobre isso. As pessoas vivas, infelizmente, se importam e se preocupam demais com tudo isso. O segredo da imortalidade é realmente simples: ela não existe. Não é possível permanecer vivo do modo como se pensa a vida enquanto se vive. A vida é vista como a presença orgânica e intelectual (para não entrarmos em detalhes religiosos) e infelizmente toda matéria orgânica está dentro de um ciclo constante, que não pode ser quebrado em nenhuma circustância, e faz parte do ciclo que essa matéria se deteriore para que seja reaproveitada em outras matérias.

Existe também a chama imortalidade genética, mas isso entraria em discussões não exatamente desejáveis.

Por um outro lado, é possível permanecer vivo em relação à sua parte intelectual. Para isso, já é conhecida e clichê a fórmula: faça-se ser lembrado. Realiza algo grandioso que possa ser lembrado para o resto da eternidade, esteja vivo nas memórias de cada pessoa em cada canto do mundo. Um pouco difícil, mas você queria o quê? Ter uma fonte da imortalidade/juventude no quintal da sua casa?

FRANTANOR, Hideto

Anúncios

2 pensamentos sobre “this is not the end YET

  1. perfeito esse texto…flando sobre a imortalidade…
    realmente nos dixam mto apreensivos…

    flando em imortalidade….eu vou mrrer um dia e a gente ainda num foi na sorveteria…
    hasuiosaas

    recebeu minha msg??
    espero ki sim..
    vamos na kinta netaum heim! 😉

    e saiba q um dia q vc precisar de investimento nos seus textos…
    eu te ajudo a procurar!hausioasu

    beijos
    te amOh
    =***

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s